nocomments

Telhamento Maçônico

Você já ouviu falar em telhamento maçônico? Sabe o que significa e como é realizado? Se você tem interesse em conhecer mais sobre esse ritual maçônico, esse artigo é para você.

O telhamento maçônico é um exame que verifica a qualidade e o grau maçônico de alguém que deseja entrar em um templo ou participar de uma sessão maçônica. É uma forma de proteger o templo e os seus segredos de profanos ou de maçons irregulares ou não habilitados.

Neste artigo, vamos abordar:

  • O que é o telhamento maçônico e qual a sua origem
  • A importância do telhamento na maçonaria e o seu significado simbólico
  • Os requisitos para o telhamento e as etapas que são seguidas
  • As vantagens do telhamento para o desenvolvimento pessoal e espiritual do maçom

Ficou curioso? Então continue lendo e descubra tudo sobre o telhamento maçônico.

O que é o telhamento maçônico

O telhamento maçônico é um processo de verificação da qualidade e do grau maçônico de alguém que deseja entrar em um templo ou participar de uma sessão maçônica. É uma forma de proteger o templo e os seus segredos de profanos ou de maçons irregulares ou não habilitados.

O termo “telhamento” vem da ideia de cobrir o ambiente de trabalho maçônico com telhas, para impedir que se possa ver ou ouvir o que ocorre dentro dele. O responsável por executar o telhamento é o Ir.’. Cobridor, que fica na porta do templo e examina os Irmãos que querem entrar, usando sinais, toques, palavras e semestres.

O telhamento maçônico tem origem nas corporações de ofício da Idade Média, que construíam igrejas e catedrais para o clero. Esses maçons operativos usavam sinais, toques e palavras para se identificar entre si e proteger os planos da construção e os contratos da obra. Eles também tinham liberdade de deslocamento pelos diversos lugares da Europa, graças à proteção da igreja e do estado³.

O telhamento maçônico também tem um significado simbólico, relacionado à construção do templo humano e à sintonia com as energias positivas. O telhamento representa o cuidado que o maçom deve ter com os seus sentidos e sentimentos, para filtrar as influências negativas e ressoar com as frequências que traduzem os princípios maçônicos.

Esse é o conceito básico do telhamento maçônico. No próximo tópico, vamos ver qual é a importância do telhamento na maçonaria e o que ele representa para os Irmãos.

A importância do telhamento na maçonaria

O telhamento na maçonaria é uma prática que visa preservar a segurança, a regularidade e a harmonia dos trabalhos maçônicos. Ele tem uma importância histórica, simbólica e espiritual para os Irmãos.

História

Historicamente, o telhamento surgiu nas corporações de ofício da Idade Média, que construíam igrejas e catedrais para o clero. Esses maçons operativos usavam sinais, toques e palavras para se identificar entre si e proteger os planos da construção e os contratos da obra. Eles também tinham liberdade de deslocamento pelos diversos lugares da Europa, graças à proteção da igreja e do estado.

Símbolo

Simbolicamente, o telhamento representa a cobertura do ambiente de trabalho maçônico, impedindo que se possa ver ou ouvir o que ocorre dentro dele. O responsável por executar o telhamento é o Ir.’. Cobridor, que fica na porta do templo e examina os Irmãos que querem entrar, usando sinais, toques, palavras e semestres. O telhamento também significa o cuidado que o maçom deve ter com os seus sentidos e sentimentos, para filtrar as influências negativas e ressoar com as frequências que traduzem os princípios maçônicos.

Espiritualidade

Espiritualmente, o telhamento é uma forma de sintonizar o templo humano com as energias positivas, tanto no dia a dia, como no interior do templo. O templo humano pode operar tanto como um receptor, como um transmissor de ondas de espiritualidade. Essas ondas possuem comportamento e características similares às eletromagnéticas, ou seja, são portadoras de energia e informações, possuem período e frequência de transmissão e podem sofrer influência tanto de estações repetidoras como do meio que se propagam. O processo de sintonia desta onda, representado por um fenômeno denominado de ressonância, está intimamente relacionado com o ajuste do templo humano para a mesma frequência em que ela fôra transmitida. Um receptor só absorve a energia de uma onda se seus componentes, que funcionam como um filtro, estiverem em ressonância com a mesma frequência de transmissão.

Essa é a importância do telhamento na maçonaria. No próximo tópico, vamos ver quais são os requisitos para o telhamento e as etapas que são seguidas.

Os requisitos para o telhamento

telhamento maçônico

Os requisitos para o telhamento são as condições que devem ser cumpridas para que alguém possa entrar em um templo ou participar de uma sessão maçônica. Essas condições envolvem aspectos formais, regulares e simbólicos.

Os aspectos formais são os documentos que comprovam a qualidade e o grau maçônico do indivíduo, como a carteira de identidade maçônica, o diploma de iniciação ou elevação, o atestado de regularidade e o passaporte maçônico. Esses documentos devem estar atualizados e em conformidade com as normas da potência maçônica a que pertence o indivíduo.

Os aspectos regulares são as regras que devem ser observadas para que o indivíduo seja considerado um maçom regular e reconhecido pelas demais potências maçônicas. Essas regras incluem a origem, a filiação, a obediência, a jurisdição, a regularidade e a reciprocidade. O indivíduo deve ter sido iniciado em uma loja regular, filiada a uma potência maçônica regular, obediente aos princípios e ritos maçônicos, jurisdicionado a um território maçônico, regular em suas obrigações e direitos, e reciprocamente reconhecido por outras potências maçônicas.

Os aspectos simbólicos são os sinais, toques, palavras e semestres que identificam o indivíduo como um maçom de determinado grau e rito. Esses elementos são transmitidos ao indivíduo durante as cerimônias de iniciação, elevação e exaltação, e devem ser guardados em segredo e usados apenas em situações específicas. O indivíduo deve saber demonstrar esses elementos ao Ir.’. Cobridor, que é o responsável por executar o telhamento na porta do templo.

Esses são os requisitos para o telhamento. No próximo tópico, vamos ver quais são as etapas do telhamento e como elas são realizadas.

As etapas do telhamento

As etapas do telhamento são as fases que são seguidas para verificar a qualidade e o grau maçônico de alguém que deseja entrar em um templo ou participar de uma sessão maçônica. Essas etapas envolvem a apresentação dos documentos, a identificação dos sinais, toques, palavras e semestres, e a autorização para a entrada.

A seguir, vamos descrever cada uma dessas etapas com mais detalhes:

Apresentação dos documentos: O indivíduo que quer entrar no templo deve apresentar ao Ir.’. Cobridor os documentos que comprovam a sua qualidade e o seu grau maçônico, como a carteira de identidade maçônica, o diploma de iniciação ou elevação, o atestado de regularidade e o passaporte maçônico. Esses documentos devem estar atualizados e em conformidade com as normas da potência maçônica a que pertence o indivíduo.

Identificação dos sinais, toques, palavras e semestres: O Ir.’. Cobridor deve examinar o indivíduo usando os sinais, toques, palavras e semestres que identificam o seu grau e o seu rito. Esses elementos são transmitidos ao indivíduo durante as cerimônias de iniciação, elevação e exaltação, e devem ser guardados em segredo e usados apenas em situações específicas. O indivíduo deve saber demonstrar esses elementos ao Ir.’. Cobridor, que é o responsável por executar o telhamento na porta do templo.

Autorização para a entrada: Se o indivíduo apresentar os documentos corretos e demonstrar os elementos de identificação, ele será autorizado a entrar no templo pelo Ir.’. Cobridor. Caso contrário, ele será impedido de entrar ou encaminhado para uma comissão de sindicância, que irá averiguar a sua situação e tomar as medidas cabíveis.

Essas são as etapas do telhamento. No próximo tópico, vamos ver quais são as vantagens do telhamento para o desenvolvimento pessoal e espiritual do maçom.

As vantagens do telhamento

As vantagens do telhamento são os benefícios que o maçom obtém ao realizar esse ritual maçônico, tanto no aspecto pessoal quanto no coletivo. Algumas dessas vantagens são:

  • Proteção do templo e dos seus segredos: o telhamento impede que profanos ou maçons irregulares ou não habilitados entrem no templo ou participem dos trabalhos maçônicos, preservando a segurança, a regularidade e a harmonia da loja.
  • Identificação e reconhecimento maçônico: o telhamento permite que o maçom se identifique e seja reconhecido por outros Irmãos, usando os sinais, toques, palavras e semestres que correspondem ao seu grau e rito, demonstrando o seu conhecimento e a sua regularidade maçônica.
  • Desenvolvimento pessoal e espiritual: o telhamento simboliza o cuidado que o maçom deve ter com os seus sentidos e sentimentos, para filtrar as influências negativas e ressoar com as frequências que traduzem os princípios maçônicos. O telhamento também representa a sintonia do templo humano com as energias positivas, tanto no dia a dia, como no interior do templo.

Essas são algumas das vantagens do telhamento. No próximo tópico, vamos fazer uma conclusão sobre o tema do artigo.

Conclusão

Neste artigo, você aprendeu sobre o telhamento maçônico, um ritual maçônico que verifica a qualidade e o grau maçônico de alguém que deseja entrar em um templo ou participar de uma sessão maçônica. Você viu o que é o telhamento, qual a sua origem, importância e significado, quais são os requisitos e as etapas para o telhamento, e quais são as vantagens do telhamento para o desenvolvimento pessoal e espiritual do maçom.

Esperamos que este artigo tenha sido útil e esclarecedor para você. Se você gostou, compartilhe com os seus amigos e deixe o seu comentário abaixo. Se você quer saber mais sobre a maçonaria, confira os outros artigos do nosso blog. Obrigado pela sua leitura e até a próxima.

Referências bibliográficas

  • O TELHAMENTO – Maçonaria.Net. https://www.maconaria.net/o-telhamento/.
  • TELHAMENTO x TROLHAMENTO – Brasil Maçom. https://www.brasilmacom.com.br/telhamento-x-trolhamento/.
  • A TROLHA- ESTUDOS MAÇÔNICOS – Recanto das Letras. https://www.recantodasletras.com.br/resenhasdelivros/3131467.
  • O ATO DO TELHAMENTO NA MAÇONARIA – ORIGENS – Pedro Juk. https://www.michaelwinetzki.com.br/2023/09/o-ato-do-telhamento-na-maconaria.html.
Últimos posts por Jacimar Silva (exibir todos)

Reply

11 + onze =