spoken word

Campeonatos de poesia falada unem-se em disputa na casa da porta amarela na quinta-feira (27)  Para celebrar a oralidade e autorrepresentação, ocorre nesta quinta-feira (27) às 19h o encontro entre o Slam das Minas SP e o Slam das Minas RJ, na casa da porta amarela, que fica na Praça do Rosário, atrás da igreja Matriz em Paraty (RJ) durante a 15ª edição da Feira Literária Internacional de Paraty, a

Jéssica Balbino assume cadeira de número 31 após pedir troca de patrono por autora negra brasileira A jornalista e escritora  Jéssica Balbino, assume, nesta quinta-feira (20) a cadeira de número 31 na Academia Poços-Caldense de Letras. A cerimônia será às 20h no Espaço Cultural da Urca, em Poços de Caldas (MG) com entrada gratuita. A jornalista que é autora dos livros Pelas Margens (no prelo), Traficando Conhecimento (Editora Aeroplano, 2010)

Dona Jacira e Letícia Brito são convidadas desta quarta-feira para conversa com Jéssica Balbino As narrativas femininas e como elas são construídas estarão em pauta nesta quarta-feira (19) ás 19h no Ciclo Margens, que acontece no Itaú Cultural, no centro de São Paulo e recebe como convidadas a poeta Letícia Brito, que vive no Rio de Janeiro e a bordadeira e contadora de histórias, Jacira Roque de Oliveira, que também

Com ironia, Letícia Brito destaca relação de consumo, machismo e poder ao corpo feminino no clipe “A poesia vai mudar o mundo”. Essa é a frase da poeta e slammer Letícia Brito, de 37 anos, ao encerrar uma entrevista ao Margens, no momento em que faço a preza e pergunto: “há algo que eu não perguntei, mas que você gostaria de dizer?” Pode soar utópico, mas não para uma mãe

Experimentar é fundamental para ser melhor. Tente por Jéssica Balbino* Quando eu era criança e alguém me oferecia, para comer, algo que eu não conhecia, tinha o hábito de dizer: não gosto! Minha mãe chamou a minha atenção várias vezes sobre isso. Ela diz: “como você sabe que não gosta, se ainda não experimentou?”. E claro, de tanto me dizer isso, me tornei o tipo de pessoa que arrisca, que

Após 35 dias entre Pucusana e Lima, artista brasileira captou narrativas de “Mulheres em Travessia” e realizou intervenção com o material Durante o mês de abril a artista Jô Freitas viajou para o Peru, onde ficou por 35 dias, produzindo material para o projeto “Mulheres em Travessia”, que tem como objetivo contar histórias de mulheres que saíram do local onde nasceram para construir a própria vida e narrativa. As histórias

Evento ocorre no sábado (22), tem entrada gratuita e terá microfone aberto para recital  Neste sábado (22) acontece o bate-papo “Rumos do Slam”  – slam é um campeonato de poesia falada – realizado pelo Slam da Guilhermina na Ocupação Cultural Mateus Santos com o slammaster Emerson Alcalde e os slammers Fabio Boca, Lews Barbosa e Lucas Afonso. Todos eles já disputaram a Copa do Mundo em Paris e vão falar

Elizandra Souza e Carmen Faustino falarão sobre o protagonismo de mulheres negras na literatura  No próximo sábado (15) as escritoras Elizandra Souza e Carmen Faustino dão o curso de formação “Mjiba – Semeando a Literatura Negra Feminina” no Sesc Jundiaí às 15h com entrada gratuita. A atividade é parte do ciclo Encontro de Autoras: Literatura Negra Periférica, que acontece durante todo o mês de abril na unidade, com “Expressões Afro

Poetas realizaram coro contra abusos e apagamentos ocorridos no espaço e na cena dos saraus e slams Como forma de lutar contra os abusos e silenciamentos sofridos pelas mulheres em ambientes culturais – especialmente saraus e slams (batalhas de poesia falada), um grupo de cerca de 50 jovens se reuniu na última segunda-feira (3) no Slam Resistência, que ocorre na Praça Roosevelt, e fez um ato de resistência, com pelo

Débora Garcia criou projeto digital para pautar questões femininas nas redes sociais Neste mês de março, em que se comemora o mês da mulher, a poetisa Débora Garcia lançou o projeto “post-it poético”, com trechos de poesias do livro “Coroações – Aurora de poemas”, que trazem reflexões sobre as pautas das mulheres. Com 10 artes desenvolvidas especialmente para a ocasião, a escritora reflete sobre as dificuldades e a força feminina.