Author: jessicabalbino

SÓ PAGO O QUE ME CABE | Clipe de Rap Plus Size coloca dedo na ferida do mercado da moda para pessoas gordas

Lançado nesta segunda-feira (22), o novo clipe do duo Rap Plus Size coloca o dedo na ferida do mercado de roupas para pessoas gordas. Com o título “Só pago o que me cabe“, a canção faz referências às marcas que desprezam os corpos gordos maiores, ao mesmo tempo que enaltece as marcas independentes de quebrada. “Foda-se sua última coleção, não tem a minha numeração” Versos como esse estão presentes na

Vertiginoso, Copo vazio marca estreia de Natalia Timerman no romance

Livro conta a história de Mirela, arquiteta que tomou um ghosthing do namoro e tenta lidar com o vazio que se forma a partir disso Como encarar e lidar com o abandono? Essa é a grande questão da trama protagonizada por Mirela no livro Copo vazio, o primeiro romance de Natalia Timerman publicado pela todavia neste ano. Estava ansiosa para ler, confesso. E só larguei o livro depois de finalizar.

curso online | Insurgências Gordas II

Segunda edição do curso reúne intelectualdiade gorda do Brasil para aulas online com temas que passam pela saúde, mídia e comunicação, sexualidade, arte, racismo, moda, teatro e corpo gordo, filosofia e literatura  Estão abertas as inscrições para o curso Insurgências Gordas II, que ocorre entre os dias 03 a 09 de março de 2021. Nesta segunda edição, o curso reúne diferentes pessoas – todas gordas – para darem aulas sobre

VOCÊ ODEIA PESSOAS GORDAS ⁣⁣

por Jéssica Balbino ⁣⁣ é verdade. odeia. odeia com força. tem nojo. tem pavor. medo de se contaminar. você tem mais medo de engordar do que de morrer. mais medo de não caber nas próprias roupas do que de agonizar sem oxigênio. mais medo de se tornar o corpo que você tem aversão do que de deixar de existir, afinal, você sabe que contribui para transformar a vida das pessoas

Atriz cearense Jéssica Teixeira lança o ebook E.L.A, fruto de pesquisas e investigações relacionadas a espetáculo teatral

Publicação será realizada pela Aliás Editora, empresa cearense especializada na ampliação de mulheres no mercado editorial. Ebook será disponibilizado gratuitamente. O lançamento acontece na quarta-feira, 20 A atriz e diretora Jéssica Teixeira vai lançar o ebook E.L.A – fruto das pesquisas e das dissidências provenientes de espetáculo teatral. O evento acontece na quarta-feira, 20 de janeiro, a partir das 19 horas, através da plataforma Google Meet. A montagem E.L.A surgiu

Cine Olhar faz live com Eliane Caffé, diretora do Era o Hotel Cambridge

Projeto fez adaptação e criou cineclube em parceria com a Mubi Brasil, disponibilizando filmes através de curadoria especializada  “Quando duas curadorias se unem, tudo fica mais incrível”, essa é a proposta da junção do projeto Cine Olhar com a Mubi Brasil – serviço temático de filmes via streaming – neste ano, em razão da pandemia. Além disso, o projeto oferece lives com diferentes personalidades do cinema. Nesta quinta-feira (29) às

Alessandro Buzo prepara lançamento de cinco livros em três meses

O escritor Alessandro Buzo prepara, para estes três últimos meses do ano o lançamento de cinco novos livros. A empreitada ocorre durante a pandemia do novo coronavírus (COVID-19) e aposta na produção literária para garantir renda e sobrevivência nesta fase. Em entrevista exclusiva para o Margens, ele conta como foram os processos e fala sobre os livros. Confira:  Você vai lançar cinco livros em três meses. Como veio essa ideia

Cine Olhar estreia com exibição  online e gratuita do filme “Fotografação” 

Sessão será seguida de debate com a curadora do projeto, Larissa Freitas Com estreia programada para a próxima sexta-feira (11), o Cine Olhar, que neste ano ocorre digitalmente por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), traz a exibição gratuita do filme “Fotografação” e um debate com a curadora do projeto, Larissa Freitas. Para participar, as pessoas interessadas devem acessar o site do projeto (www.cineolhar.com.br) e fazer um rápido cadastro.

PANDORAS inicia turnê virtual de circo feminista pelo interior do país 

Coletivo é formado por três artistas goianas e percorrerá 13 cidades dos estados de Goiás, Tocantins, mato Grosso do Sul e Bahia com exibições de espetáculos provocantes e ciclo de debates em parceria com organizações locais. A partir do próximo dia 05 de setembro o país conhecerá uma nova forma de promover circulação de artes cênicas com o coletivo Pandoras. Distante do eixo sul-sudeste, que concentra as iniciativas culturais com

mulheres gordas gozam 

uma reflexão para este Dia Mundial do Orgasmo  por Jéssica Balbino* mulheres gordas gozam. sim, eu sei que a informação pode parecer chocante a assustadora, afinal, no imaginário, elas nem transam. e, se encontram algum fetichista, é para serem objetificadas e não terem prazer. afinal, como pode um corpo desobediente sentir prazer? como pode um corpo imenso se encharcar de desejo? e mais: quem deseja estes corpos e goza com