Mulheres de Palavra: websérie conta história de mulheres MCs brasileiras

Projeto “Mulheres de Palavra”, idealizado por pesquisadoras negras entrevistou 10 representantes da cultura hip-hop Estreia na próxima segunda-feira (5) a websérie no Youtube “Mulheres de Palavra: Um Retrato das Mulheres do Rap de São Paulo”. Com 10 episódios, o material audiovisual pensando por pesquisadoras negras reconta a história do hip-hop através das mulheres, com entrevistas com MCs (mestres de cerimônia) e Djs. O primeiro episódio traz a MC Dory de

Sarau das Pretas inova com espetáculo sobre Carnaval sem preconceito

Intervenção “CarnaPretas” tenta desconstruir estereótipos de festa popular Unindo a poesia ao Carnaval, o Sarau das Pretas lança, nesta quarta-feira (7) o CarnaPretas- Diversão sem preconceito no Sesc Santo André às 19h. A entrada é gratuita e as artistas unem-se para a desconstrução dos estereótipos e preconceitos transmitidos através das tradicionais marchinhas. A apresentação terá também acompanhamento de banda. O mesmo espetáculo será apresentado no Sesc São Caetano no próximo

FOME: o soco no estômago dado pela escrita da gorda Roxane Gay

Livro de norte-americana reconstrói a biografia do próprio corpo e coloca o dedo na ferida da gordofobia  por Jéssica Balbino* Não tem outro jeito de fazer a resenha do livro FOME: uma autobiografia do (meu) corpo, da Roxane Gay  (Globo Livros, 290 páginas) sem ser de uma forma pessoal. O livro apareceu para mim, na timeline, como tantos outros, mas me chamou a atenção imediatamente: que livro é esse que fala sobre