“O Desmanche” de Craca e Dani Nega contra o desmonte dos direitos sociais

Show de lançamento trouxe participações de Luedji Luna, Clarianas, Roberta Estrela D’Alva e Ilú Obá de Min Parceria irreverente e original de Craca e Dani Nega chega ao seu segundo trabalho com o álbum político-poético, “O Desmanche”. O show de lançamento aconteceu no último sábado, dia 5 de maio no Sesc Pompéia e contou com a participação especial do Bloco Afro Ilú Obá de Min com mais de 20 mulheres

Organização internacional incentiva projetos em favelas e lança edital de apoio

Programa do British Council que já beneficiou quase 500 pessoas em comunidades do Rio e SP celebra seus resultados Um projeto para capacitar doulas no Complexo do Alemão, uma escola de cinema no Morro da Providência, uma iniciativa para a valorização de um museu a céu aberto que guarda parte da história da Baixada Fluminense. O que essas três ações têm em comum? Além de serem criadas e geridas por

Torneio de slam em duplas abre inscrições nas cinco regiões do Brasil

Estão abertas as inscrições gratuitas para SLAM BRASIL QUE O POVO QUER, um torneio nacional de poesia falada em dupla. O evento acontecerá nas cinco regiões do Brasil. A iniciativa é da Fundação Perseu Abramo através do projeto da frente Iniciativa Periferias. A modalidade em duplas não é inédita, porém, pouco difundida no Brasil, daí a ideia de criar o evento. Conforme o coordenador do evento, o slammaster Emerson Alcalde, as

Timidez, o casal de desconhecidos, câmeras analógicas e o amor captado num disparo

“Uma das minhas maiores dificuldades é conversar com as pessoas, até então desconhecidas, que fotografo” Esta é minha estreia na coluna Disparo. Optei por uma imagem bastante significativa na minha trajetória de registros nas ruas: ela envolve personagens que observo a certo tempo e uma das minhas maiores dificuldades que é conversar com as pessoas, até então desconhecidas, que fotografo. Raquel e Vagner estão sempre pelo centro de Campinas (SP),

Um pernambucano em SP: Caiçara lança disco 'Folguedo Urbano' no Sesc Osasco

Músico pernambucano canta vivência em SP através de EP que compõe a trilogia “Efeito in Casa” No próximo domingo (18), o músico pernambucano Fred Caiçara lança o EP “Folguedo Urbano” no Sesc Osaco, em SP. O espetáculo tem início às 16h30 e entrada gratuita. O álbum é a segunda parte da trilogia “Efeito in Casa” e apresenta o resultado da mistura entre as raízes pernambucanas e as influências urbanas encontradas

Evento acontecerá entre os dias 21 e 29 de outubro na zona sul de São Paulo e contará com a participação de Wagner Moura, Dexter, Sueli Carneiro, Douglas Belchior, Xico Sá, Paulo Lins, Sarau das Pretas, entre outros No próximo sábado (21), começa a 10ª Mostra Cultual da Cooperifa. Completando 16 anos em 2017, o coletivo da zona sul de São Paulo irá receber visitantes entre os dias 21 e

EP conta com quatro composições da artista paulista que versa sobre violência e padrões estéticos O posicionamento político diante da vida é a marca do EP Pesada, de Anná, lançado neste mês de agosto e que promete sacudir não apenas o corpo com os sambas bem gravados e a voz que é uma das mais encantadoras da música contemporânea, mas também as ideias e a mente, com as várias informações

Após 35 dias entre Pucusana e Lima, artista brasileira captou narrativas de “Mulheres em Travessia” e realizou intervenção com o material Durante o mês de abril a artista Jô Freitas viajou para o Peru, onde ficou por 35 dias, produzindo material para o projeto “Mulheres em Travessia”, que tem como objetivo contar histórias de mulheres que saíram do local onde nasceram para construir a própria vida e narrativa. As histórias

Evento ocorre no sábado (22), tem entrada gratuita e terá microfone aberto para recital  Neste sábado (22) acontece o bate-papo “Rumos do Slam”  – slam é um campeonato de poesia falada – realizado pelo Slam da Guilhermina na Ocupação Cultural Mateus Santos com o slammaster Emerson Alcalde e os slammers Fabio Boca, Lews Barbosa e Lucas Afonso. Todos eles já disputaram a Copa do Mundo em Paris e vão falar

ponderações sobre o slam resistência e algo mais por Luiza Romão* talvez hoje, em são paulo, a literatura (através dos slams e saraus) seja um dos movimentos capazes de agregar e mobilizar mais pessoas. estamos nos bares, nas praças, nos terminais e nos trens, nas quebras e nos centros, nas noites e nos amanhãs, com versos engajados, ácidos, sem papas nas línguas. atacamos o status quo, as desigualdades de gênero,