tati nascimento: princípio poético de reflexão | Especial #DiaDaVisibilidadeLésbica

poeta e editora brasiliense, fundadora da padê editorial reflete sobre narrativa lésbica, espelho e desafios  No Especial “Dia da Visibilidade Lésbica”, entrevistamos a poeta tati nascimento. Poeta, contista, compositora, editora, sócia fundadora da padê editorial, tradutora, cantora, entre outras tantas. A brasiliense nos fala sobre desafios e as batalhas pessoais na escrita literária, sobre processo criativo, sobre espelhos e caleidoscópios. tati é preta e sapatão, mas não só. tatiana nascimento

E cicatriz lá tem função?

Poetas discutem amor, poesia e efêmero no Sesc Pompeia Até pouco tempo atrás, eu achava que não, cicatriz não tem função, as vezes só tem significado mesmo – e as vezes nem isso. Mas foi durante a leitura de um dos trechos do livro “Todas as funções de cicatriz” de Lâmia Brito em um dos debates do ciclo “Lá na Laje” realizado no Sesc Pompeia que descobri – ou melhor,

Após 35 dias entre Pucusana e Lima, artista brasileira captou narrativas de “Mulheres em Travessia” e realizou intervenção com o material Durante o mês de abril a artista Jô Freitas viajou para o Peru, onde ficou por 35 dias, produzindo material para o projeto “Mulheres em Travessia”, que tem como objetivo contar histórias de mulheres que saíram do local onde nasceram para construir a própria vida e narrativa. As histórias

Luz Ribeiro, Mel Duarte, Roberta Estrela D´Alva e Paulina Chiziane falam sobre literatura marginal e periférica no mundo O número de publicações autorais e participações de mulheres em antologias, saraus e slams tem crescido na cena da literatura marginal/periférica, por isso, o Festival Literário de Poços de Caldas, o Flipoços, promove uma mesa para discutir o tema com as escritoras Luz Ribeiro, Mel Duarte – ambas campeãs de poesia falada –  Paulina Chiziane (direto de