Intervenção literária, já! Conheça 10 poemas de luta escritos por mulheres

Reunimos poesias que falam de violência do estado e intervenção militar; todas elas, escritas por mulheres  Em tempos de greve, desabastecimento e pedidos de intervenção militar, nós criamos a lista “Intervenção literária, já!”, com 10 poemas de luta escritos por mulheres.  Há, nos textos, uma cronologia implícita do golpe aplicado à democracia brasileira. Aperta o play e vem conhecer esta outra narrativa,  vem sendo produzida às margens, com a força

Publicitária lança romance que faz metáfora com as classes sociais em SP

Marah Mends  escreveu “Elefantes têm medo de formigas” e discute racismo, homofobia e violência policial na obra Neste sábado (26) ocorre o lançamento do romance “Elefante têm medo de formigas”, da autora Marah Mends, no Sarau Poesia é da Hora, às 15h, na Livraria Martins Fontes, em São Paulo (SP). A obra que sai pelo selo independente “Edições é da hora” tem como personagens principais Tião, Joana e Pedro, traz

O hip-hop me trouxe outra história: o dia que visitei o presídio com o Dexter

Rapper conversou e fez show de 1h para detentos do Presídio de Poços de Caldas durante o Flipoços “O hip-hop me trouxe uma outra história”. Essa foi uma das muitas frases impactantes que o rapper Dexter me disse durante a entrevista que fiz com ele durante a 13ª edição do Festival Literário Internacional de Poços de Caldas, o Flipoços. E que entrevista. Pude acompanhá-lo durante a visita ao Presídio de

Uma marginal na academia: Heloísa Buarque de Hollanda

Em entrevista, crítica literária fala questões do marginal, da produção literária brasileira e o cânone excludente Foi durante as andanças pelo Brasil dos anos 70 que um editor espanhol percebeu que a cada esquina tinha um poeta marginal vendendo um livrinho. A Editora Labor estava prestes a se lançar no país e queria registrar aquele movimento que viria a ser tendência. Por destino ou sorte, no Rio de Janeiro a

Documentário "Pelas Margens" é exibido na Câmara Municipal de Poços de Caldas, MG

Filme independente de Jéssica Balbino será exibido no próximo dia 15 às 19h com entrada gratuita Parte das comemorações do Dia Internacional da Mulher – celebrado em 08 de março – a Câmara Municipal de Poços de Caldas exibe na próxima quinta-feira (15) ás 19h o documentário “Pelas Margens: vozes femininas na literatura periférica”, com direção e produção da jornalista poços-caldense Jéssica Balbino. A entrada é gratuita e após a

Armário de bagunça

Venho pensado muito sobre armários. Sobre sair deles. Sobre, às vezes, entrar mais do que sair. Sobre achar um cantinho confortável por lá, fazer amizade com a velha colcha de retalhos e se acostumar ao cheiro de guardado. Ficar. Abrir a porta do armário, atochar toda aquela confusão – de potes sem tampa, de lençóis de elásticos mal dobrados, de meias sem seus respectivos pares. Guardar tudo e fechar a

Março é o mês da mulher a melhor demonstração de respeito é a remuneração pelo nosso trabalho

Conheça 10 regras para a hora de convidar mulheres – especialmente negras – para seus eventos  Em março são inúmeros os convites  para que as mulheres possam se apresentar em diversos espaços  culturais, para comemorar o Dia Internacional da Mulher, estes convites  raramente são feitos durante os demais meses, visto que boa parte de programadores, pesquisadores e coletivos acham normal que não se tenham mulheres nas suas indicações para contratação

Roda de conversa debate gênero e questões raciais na literatura periférica no Sesc Bom Retiro

Evento envolve os escritores Ferréz e Jarid Arraes e a jornalista Jéssica Balbino no sábado (03) às 16h com entrada gratuita Para discutir periferia, gênero e questões raciais na literatura contemporânea, o Sesc Bom Retiro realiza, no próximo sábado (3) um encontro entre os escritores Jarid Arraes e Ferréz e a jornalista Jéssica Balbino a partir das 16h. A programação integra o evento FestA! 2018 e tem entrada gratuita. De

Um estilo de vida literário. Que tal?

Livros na estante são apenas depósitos de poeira ou um fundo cult para fotos de instagram, diriam os mais radicais. Eu, radical, concordo. É importante, na primeira crônica desse espaço, deixar claro as nossas intenções: minhas e suas. Eu acredito no livro fora de si, vivo, perambulando. E você, que tipo de literatura crê? Encaro o livro como ponto de contato inicial entre ideias, realidades, pessoas e universos. O livro

Poeta Raquel Almeida disponibiliza livro "Sagrado Sopro" para download

Obra publicada em 2014 possui 53 poemas e marcam etapa na carreira da escritora de Pirituba Após quatro anos da publicação do livro Sagrado Sopro – Do Solo que Renasço, a poeta Raquel Almeida disponibilizou o livro para download na web. Sagrado Sopro é o primeiro livro autoral da poeta. Com 53 poemas que passam por diferentes temas, ela traz à tona o feminino, o sagrado e o amor e suas