#leiamulheres

Editora abre chamada para escritoras negras de ficção científica

A editora Dame Blanche recebe, até o próximo dia 10 de março, originais de autoras (e autores) negras. A seleção é aberta para noveletas (de 7,5 mil a 17,5 mil palavras), para novelas (de 17,5 mil a 40 mil palavras) e ficção especulativa (sci-fi, horror e fantasia). Um discurso sobre a obra, de até cinco linhas, deve ser enviado através do e-mail da editora. Na chamada, a editora esclarece que não

FOME: o soco no estômago dado pela escrita da gorda Roxane Gay

Livro de norte-americana reconstrói a biografia do próprio corpo e coloca o dedo na ferida da gordofobia  por Jéssica Balbino* Não tem outro jeito de fazer a resenha do livro FOME: uma autobiografia do (meu) corpo, da Roxane Gay  (Globo Livros, 290 páginas) sem ser de uma forma pessoal. O livro apareceu para mim, na timeline, como tantos outros, mas me chamou a atenção imediatamente: que livro é esse que fala sobre

Jornalista abre inscrições para turma 02 para curso que aborda obras, trajetória e as vozes femininas das periferias na literatura brasileira atual Em razão da grande procura pelo curso “Pelas Margens: vozes femininas na literatura periférica”, a jornalista Jéssica Balbino abre a TURMA 02 para o curso, que vai abordar quem são as mulheres da literatura contemporânea brasileira a partir das margens e periferias. O curso acontece totalmente online, tem

Dona Jacira e Letícia Brito são convidadas desta quarta-feira para conversa com Jéssica Balbino As narrativas femininas e como elas são construídas estarão em pauta nesta quarta-feira (19) ás 19h no Ciclo Margens, que acontece no Itaú Cultural, no centro de São Paulo e recebe como convidadas a poeta Letícia Brito, que vive no Rio de Janeiro e a bordadeira e contadora de histórias, Jacira Roque de Oliveira, que também