"Mulheres, corpo & resistência na literatura" é tema de curso online

Curso online tem vagas limitadas e terá início em março Inspirada pelas próprias pesquisas “Pelas Margens: vozes femininas na literatura periférica”, e “Meu corpo, minha biografia”, a jornalista Jéssica Balbino oferece o curso “mulheres, corpo & resistência na literatura”, o primeiro de 2019, que atualiza o conteúdo da pesquisa e apresenta novas formas de resistência a partir da literatura encontradas pelas mulheres que escrevem, especialmente as que produzem de forma

Mulherio das Letras lança antologia de poemas para crianças no Flipoços

Com organização de Vanessa Ratton, obra reúne textos de 42 mulheres de todo o Brasil   Criada em 2017, a iniciativa Mulherio das Letras, que reúne centenas de mulheres em todo o país prepara o lançamento exclusivo do livro “Meus Primeiros Versos”, com poesias de 42 mulheres voltadas ao público com idades entre 6 e 11 anos, no Festival Literário Internacional de Poços de Caldas, o Flipoços. O lançamento ocorrerá

Por mais representatividade na literatura latina, 'Ocupação Beauvoir' busca colaboradoras

Proposta criada por Leila Vilhena foi selecionada para ocorrer este ano na Argentina e tem seletiva aberta para mulheres de várias áreas Para combater a desigualdade de gênero no mercado editorial latino-americano, o projeto “Ocupação Beauvoir”, da ativista Leila Vilhena, que vive em Poços de Caldas (MG) aprovado nesta segunda-feira (28) pela 5ª Convocatória de Inovação Cidadã, vai criar uma plataforma de incentivo e ativismo político-cultural para dar visibilidade às

Documentário "Pelas Margens" é exibido na Câmara Municipal de Poços de Caldas, MG

Filme independente de Jéssica Balbino será exibido no próximo dia 15 às 19h com entrada gratuita Parte das comemorações do Dia Internacional da Mulher – celebrado em 08 de março – a Câmara Municipal de Poços de Caldas exibe na próxima quinta-feira (15) ás 19h o documentário “Pelas Margens: vozes femininas na literatura periférica”, com direção e produção da jornalista poços-caldense Jéssica Balbino. A entrada é gratuita e após a

Editora abre chamada para escritoras negras de ficção científica

A editora Dame Blanche recebe, até o próximo dia 10 de março, originais de autoras (e autores) negras. A seleção é aberta para noveletas (de 7,5 mil a 17,5 mil palavras), para novelas (de 17,5 mil a 40 mil palavras) e ficção especulativa (sci-fi, horror e fantasia). Um discurso sobre a obra, de até cinco linhas, deve ser enviado através do e-mail da editora. Na chamada, a editora esclarece que não

FOME: o soco no estômago dado pela escrita da gorda Roxane Gay

Livro de norte-americana reconstrói a biografia do próprio corpo e coloca o dedo na ferida da gordofobia  por Jéssica Balbino* Não tem outro jeito de fazer a resenha do livro FOME: uma autobiografia do (meu) corpo, da Roxane Gay  (Globo Livros, 290 páginas) sem ser de uma forma pessoal. O livro apareceu para mim, na timeline, como tantos outros, mas me chamou a atenção imediatamente: que livro é esse que fala sobre

Inauguração será no próximo dia 09 de dezembro, com lançamento do romance Bará, da autora Miriam Alves No próximo dia 09 de dezembro a bibliotecária Ketty Valencio, de 34 anos, inaugura a loja física da Livraria Africanidades, criada para ampliar o acesso à literatura feita por mulheres negras. A sede batizada de Lá do Mato foi criada com o objetivo de ser um espaço colaborativo para mulheres empreendedoras. Durante a

Intervenção literária ocorre no evento “Raça Negra e Educação: 30 anos depois: E agora do que mais precisamos falar” O Sarau das Pretas se apresenta nesta terça-feira (22) às 13h45 no Seminário “Raça Negra e Educação – 30 anos depois: E agora do que mais precisamos falar” na Unifesp, em São Paulo (SP), levando a arte periférica para dentro da academia. A entrada é gratuita, porém as vagas são limitadas.

Jornalista abre inscrições para turma 02 para curso que aborda obras, trajetória e as vozes femininas das periferias na literatura brasileira atual Em razão da grande procura pelo curso “Pelas Margens: vozes femininas na literatura periférica”, a jornalista Jéssica Balbino abre a TURMA 02 para o curso, que vai abordar quem são as mulheres da literatura contemporânea brasileira a partir das margens e periferias. O curso acontece totalmente online, tem

Que tal enriquecer o acervo da sua biblioteca com a inquietude e curiosidade de uma menina, que aprende e ensina muito sobre a vida conversando com as coisas que encontra pelo seu caminho? Desde o último dia 17 de julho, espaços socioculturais que promovem a literatura, como bibliotecas, ONGs, saraus ou movimentos sociais, podem se inscrever para receber a doação de um exemplar do livro Conversas da Menina com o