Esther Balestrino de Careaga

Esther,   Eu vejo o seu corpo chegando na praia. É 20 de dezembro de 1977, um dia como outro qualquer no balneário argentino de Santa Teresita. Como outro qualquer se não fosse o seu corpo surgindo, braços, pernas e cabelos dançando inertes na marola. Você não vem sozinha, está junto de outras companheiras. Vão chegando como um triste corpo de baile, rodopiando, estancando na areia. Veranistas se aproximam. Imagino … Continue lendo Esther Balestrino de Careaga