Para celebrar Dia Mundial do Livro, documentário com mulheres na literatura é disponibilizado online

Para celebrar o Dia Mundial do Livro, a jornalista Jéssica Balbino, criadora do Margens e diretora do documentário “Pelas Margens: vozes femininas na literatura periférica” liberou para livre acesso o vídeo, que tem 1h de duração e foi gravado também de forma independente. O filme traz entrevistas de 19 mulheres que compõe um recorte da cena da literatura marginal e periférica, especialmente nos saraus e slams. Entre as entrevistadas estão

Em estúdio, banda Devil´s Blues Booze prepara disco autoral de Stoner Metal

Grupo se reuniu como brincadeira há seis anos e agora aposta em novo estilo com álbum preparado em estúdio A banda de metal Devil´s Blues Booze entrou em estúdio na última semana e prepara o primeiro disco autoral, a ser lançado neste ano. Além disso, tem apresentações marcadas para as férias de julho em Poços de Caldas. O primeiro trabalho tende a valorizar o heavy metal tradicional. Composta pelos guitarristas

Livraria Africanidades promove debate sobre descolonização do currículo escolar

Encontro ocorre no próximo dia 04 de maio com a pesquisadora, professora e escritora Sirlene Barbosa No próximo dia 04 de maio a Livraria Africanidades recebe o debate “A Descolonização do Currículo Escolar e Carolina Maria de Jesus”, com a presença da pesquisadora, professora e autora Sirlene Barbosa, em uma roda de conversa. A atividade vai das 15h às 17h30 e tem entrada gratuita. O evento tem como objetivo promover

Clube Negrita valoriza autores negros no Sesc Avenida Paulista

Projeto que surgiu em 2017 criado por Bruna Tamires ganha edições mensais no Sesc e trabalhará com autores como Toni Morisson, Cuti, Miriam Alves, Nelson Maca, entre outros  Tem início no próximo dia 11 de maio o Clube Negrita no Sesc Avenida Paulista, com leitura de livros escritos apenas por pessoas negras. Com um calendário mensal, o clube garante uma variedade de títulos e convida o público a partilhar a

10 livros que combatem a gordofobia para ler imediatamente

Antes de começar a lista, quero propor um exercício. Pare e pense: quantas personagens gordas, protagonistas e com vidas interessantes e/ou invejáveis você já encontrou em livros? Pra mudar isso, fizemos esta lista com 10 livros que se você ainda não leu, vai querer ler imediatamente. Eles foram escritos por mulheres gordas, ou por mulheres que pesquisam e falam sobre corpo, alimentação e resistência. 1. A Gorda, de Isabela Figueiredo

Flipoços valoriza pautas indígenas e dos povos originários nesta edição

Mesas, fóruns, debates e atividades infantis estão previstas na programação que tem como tema “Literatura Sem Fronteiras” Pensando na valorização dos povos originários, a 14ª edição do Festival Literário Internacional de Poços de Caldas, o Flipoços, que neste ano ocorre entre os dias 27 de abril e 05 de maio desenvolve várias mesas, fóruns e atividades voltadas às pautas indígenas e discute, essencialmente, o genocídio indígena no Brasil. A primeira

#LivrariaMulherio, especializada em livros escritos por mulheres, é inaugurada em Poços de Caldas

Inauguração da #LivrariaMulherio é parte da programação do Flipoços e ocorre através da iniciativa Mulherio das Letras O Mulherio das Letras, movimento criado em 2017 para valorizar a expressão da palavra escrita e oral das mulheres brasileiras, inaugura, no próximo dia 26 de abril às 18h a #LivrariaMulherio, no espaço Belistrô, em Poços de Caldas (MG). A ação é parte da programação da 14ª edição Festival Literário Internacional de Poços

RESENHA | "Minha irmã, a serial killer" eleva a literatura nigeriana publicada no Brasil a outro nível

Obra de estreia da slammer e escritora Oyinkan Braithwaite revela thriller psicológico e ressalta patriarcado nigeriano  Provocativo a partir do título, chegou ao Brasil em março o livro “Minha irmã, a serial killer”, da slammer e escritora nigeriana Oyinkan Braithwaite. Publicado pela editora Kapulana, com tradução de Carolina Kuhn Facchin , o livro já teve os direitos vendidos para o cinema e já foi traduzido para outras quatro línguas, revelando o

Alexandra Lucas Coelho lança o inédito “Deus-Dará” no Flipoços

Escritora portuguesa premiada, que foi correspondente no Rio de Janeiro, vai apresentar este “romance transatlântico”, todo passado no Brasil, durante o festival de 2019, com a temática “Literatura sem Fronteiras” A escritora portuguesa Alexandra Lucas Coelho retorna ao Brasil para o lançamento do romance “Deus-Dará” durante a 14ª edição do Festival Literário Internacional de Poços de Caldas, o Flipoços. A atividade é parte da comemoração ao Dia Internacional da Língua Portuguesa, celebrado no dia 05 de maio, mesma data

Poetas procuram a cura no corpo e na palavra em oficina gratuita na Zona Sul de SP

Oficina acontece no Campo Limpo no domingo (14) e é realizada pelo Programa VAI O corpo fala, grita, chora. Se manifesta em peito aberto, dores e angústias, entre gargalhadas e inquietações. O corpo fala o tempo todo e quase nunca ouvimos. Escutamos a vida toda que dores nas costas precisam de um ortopedistas, inflamações no joelho, fisioterapia e por aí vai. No melhor dos cenários nos mandam à terapia, para