gordofobia

curso online | Insurgências Gordas II

Segunda edição do curso reúne intelectualdiade gorda do Brasil para aulas online com temas que passam pela saúde, mídia e comunicação, sexualidade, arte, racismo, moda, teatro e corpo gordo, filosofia e literatura Estão abertas as inscrições para o curso Insurgências Gordas II, que ocorre entre os dias 01 a 07 de abril de 2021. Nesta segunda edição, o curso reúne diferentes pessoas – todas gordas – para darem aulas sobre

e eu não sou uma mulher? a bestialização da mulher gorda

‘Feliz’ Dia Internacional da Mulher sem flores por Jéssica Balbino*  Nunca o discurso da ativista abolicionista Sojourner Truth foi tão atual e urgente. Ontem, num domingo chuvoso (7 de março), véspera do fatídico Dia Internacional das Mulheres, fui obrigada a ler não uma, mas muitas vezes, nas timelines de diferentes amigas, em diferentes redes sociais, que todas elas desprezam as rosas endereçadas por homens em razão da data e trocam

Jéssica Balbino lança performance poética no #8M e anuncia pré-venda de livro

A jornalista e escritora Jéssica Balbino lança, nesta segunda-feira (8 de março), o vídeo com o spoken word com performance do poema ‘bom mesmo é estar embaixo d´água [conversa com luedji luna]’, parte integrante do livro “gasolina & fósforo” e começa a pré-venda. O poema é parte da obra autoral que é híbrida e mescla poesia e contos e que está em fase final de produção e o vídeo é

SÓ PAGO O QUE ME CABE | Clipe de Rap Plus Size coloca dedo na ferida do mercado da moda para pessoas gordas

Lançado nesta segunda-feira (22), o novo clipe do duo Rap Plus Size coloca o dedo na ferida do mercado de roupas para pessoas gordas. Com o título “Só pago o que me cabe“, a canção faz referências às marcas que desprezam os corpos gordos maiores, ao mesmo tempo que enaltece as marcas independentes de quebrada. “Foda-se sua última coleção, não tem a minha numeração” Versos como esse estão presentes na

curso online | Insurgências Gordas II

Segunda edição do curso reúne intelectualdiade gorda do Brasil para aulas online com temas que passam pela saúde, mídia e comunicação, sexualidade, arte, racismo, moda, teatro e corpo gordo, filosofia e literatura  Estão abertas as inscrições para o curso Insurgências Gordas II, que ocorre entre os dias 03 a 09 de março de 2021. Nesta segunda edição, o curso reúne diferentes pessoas – todas gordas – para darem aulas sobre

VOCÊ ODEIA PESSOAS GORDAS ⁣⁣

por Jéssica Balbino ⁣⁣ é verdade. odeia. odeia com força. tem nojo. tem pavor. medo de se contaminar. você tem mais medo de engordar do que de morrer. mais medo de não caber nas próprias roupas do que de agonizar sem oxigênio. mais medo de se tornar o corpo que você tem aversão do que de deixar de existir, afinal, você sabe que contribui para transformar a vida das pessoas

curso online | Insurgências Gordas

Intensivo reúne nomes da pesquisa e militância gorda do país em aulas online com temas que vão de saúde mental a racismo; de filosofia à literatura;  Estão abertas as inscrições para o curso Insurgências Gordas, que ocorre entre os dias 18 e 28 de janeiro de 2021. Com curadoria das pesquisadoras e escritoras gordas Jéssica Balbino e Malu Jimenez, a proposta reúne diferentes pessoas – todas gordas – para falar

ABRE PRÉ VENDA DO LIVRO LUTE COMO UMA GORDA

No mês de Visibilidade à Luta Antigordofobia, a filósofa feminista Malu Jimenez, em parceria com a casa editorial Philos, lança a obra lute como uma gorda, que denuncia a patologização dos corpos gordos femininos O livro lute como uma gorda propõe desvendar o universo gordo na contemporaneidade, delatando como esses corpos são concebidos institucionalmente e como essas mulheres gordas se autopercebem, aceitam ou resistem à gordofobia.  “Quando um corpo não

curso online | corpos dissidentes: lugar e memória 

O que são corpos dissidentes e quais locais eles ocupam e estão autorizados a frequentar?  Com base nesta pergunta, sugerimos este curso sobre corpos considerados inadequados, a quem é negado o lugar e, por conseguinte, a memória. Ao negar lugar e memória a um corpo, nega-se a esse sujeito características fundamentais humanidade ou seja o que nos configura enquanto espécie, que vai se materializar em sociedade na violação dos direitos

mulheres gordas gozam 

uma reflexão para este Dia Mundial do Orgasmo  por Jéssica Balbino* mulheres gordas gozam. sim, eu sei que a informação pode parecer chocante a assustadora, afinal, no imaginário, elas nem transam. e, se encontram algum fetichista, é para serem objetificadas e não terem prazer. afinal, como pode um corpo desobediente sentir prazer? como pode um corpo imenso se encharcar de desejo? e mais: quem deseja estes corpos e goza com