2021

Guia de bolso chega para nomear e combater o machismo cotidiano

Escrito pela ativista feminista Nicole Aun, obra divida em 8 capítulos e parábolas no texto reflete sobre a urgência do fim do patriarcado  Escrito a partir de encontros e entrevistas o livro “Nomear para combater – Uma tentativa de organizar a raiva para virar pensamento”, da ativista feminista Nicole Aun chega para discutir feminismo e formas de extinguir o patriarcado a partir da raiva, dos não silenciamentos, das formas de

Livro Receitas Literárias, de Isabel Costa, é lançado pela Aliás Editora

O livro Receitas Literárias, de Isabel Costa, será lançado na próxima sexta-feira, 14 de maio, em live no instagram, a partir das 19 horas. Criada como uma ezine e lançada gratuitamente em 2018, a obra é um compilado de receitas, dicas, registros, referências e outros fatos que marcam a memória culinária da autora. O livro foi publicado pela Aliás Editora – empresa cearense dedicada ao impulsionamento de mulheres artistas. A

Virada Afrocultural reúne mais de 20 atrações em Campinas

Evento ocorre pela primeira vez, conta com documentário gravado em quilombo urbano e homenagem a jovem morto pela GM  Tem início a partir das 12h deste sábado (24) a 1ª edição da Virada AfroCultural de Campinas, que ocorre em plataformas online em razão do novo coronavírus, a Covid-19.  Com mais de 20 atrações e 18h de programação, o evento contempla diferentes áreas artísticas como música, artes cênicas, cultura popular, literatura,

"Essa palavra sem coração" é o novo livro de Tatiana Fraga

Obra sai pela Demônio Negro e traz narrativa da autora, que é pesquisadora de Orides Fontela, sobre o amor No próximo dia 10 de abril, às 19h, a poeta Tatiana Fraga lança o livro de poemas “Essa palavra sem coração” no Youtube d´A Casa Tombada. A obra sai pela editora Demônio Negro, com coordenação editorial de Vanderley Mendonça e prefácio de Natalia Barros. Participam do lançamento os poetas e artistas

Rapper amazônida Anna Suav exalta autoestima da mulher negra com single “BNTA”

A música antecipa o primeiro EP solo da cantora, que transita entre o pop e o R&B produzido no Norte do país Reflexões sobre o resgate e a criação da autoestima da mulher negra, afetividade e plenitude foram as inspirações da cantora Anna Suav para compor seu novo single, “BNTA”. A música será lançada no próximo dia 6 de abril, em todas as plataformas digitais (Spotify, Deezer, Apple Music, Tidal),

como escrever com tesão?!

Estão abertas as inscrições para o curso como escrever com tesão?!, que ocorre entre os dias 05 a 26 de abril.  Esta é a primeira edição do curso e terá apenas 20 vagas. O curso ocorre em 4 aulas, online e ao vivo, com  duração de 2h cada e emissão de certificado ao final. A curadoria do curso é de Jéssica Balbino e Marina Vergueiro. Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/curso-online–como-escrever-com-tesao__1166009  Como escrever com tesão nós sabemos que essa pergunta ronda

curso online | Insurgências Gordas II

Segunda edição do curso reúne intelectualdiade gorda do Brasil para aulas online com temas que passam pela saúde, mídia e comunicação, sexualidade, arte, racismo, moda, teatro e corpo gordo, filosofia e literatura Estão abertas as inscrições para o curso Insurgências Gordas II, que ocorre entre os dias 01 a 07 de abril de 2021. Nesta segunda edição, o curso reúne diferentes pessoas – todas gordas – para darem aulas sobre

Rasgacêro promove festival com mais de 20h de programação e lança filme

Para celebrar os 20 anos de trajetória, o Rasgacêro, grupo de Poços de Caldas (MG), faz, no próximo dia 20 de março, a 15ª edição do Festival Rasgamundo de Artes Integradas, com mais de 20 horas de programação ininterruptas, começando às 9h da manhã e transcorrendo o dia e a noite até o nascer do sol do dia 21, com mais de 30 atrações. Um dia inteiro dedicado ao universo

e eu não sou uma mulher? a bestialização da mulher gorda

‘Feliz’ Dia Internacional da Mulher sem flores por Jéssica Balbino*  Nunca o discurso da ativista abolicionista Sojourner Truth foi tão atual e urgente. Ontem, num domingo chuvoso (7 de março), véspera do fatídico Dia Internacional das Mulheres, fui obrigada a ler não uma, mas muitas vezes, nas timelines de diferentes amigas, em diferentes redes sociais, que todas elas desprezam as rosas endereçadas por homens em razão da data e trocam