Livraria Africanidades promove debate sobre descolonização do currículo escolar

Livraria Africanidades promove debate sobre descolonização do currículo escolar

Encontro ocorre no próximo dia 04 de maio com a pesquisadora, professora e escritora Sirlene Barbosa

No próximo dia 04 de maio a Livraria Africanidades recebe o debate “A Descolonização do Currículo Escolar e Carolina Maria de Jesus”, com a presença da pesquisadora, professora e autora Sirlene Barbosa, em uma roda de conversa. A atividade vai das 15h às 17h30 e tem entrada gratuita.

O evento tem como objetivo promover uma discussão sobre as tensões e os processos de descolonização dos currículos escolares e também falar um pouco de uma das principais escritoras brasileiras, que é a Carolina Maria de Jesus. A ação é aberta ao público em geral, principalmente para docentes, pesquisadores e profissionais nas áreas de educação e cultura.

No local haverá a venda do livro HQ Carolina, escrito por Sirlene Barbosa e João Pinheiro, publicado pela editora Veneta e premiado no Festival de Quadrinhos de Angoulême, na França. O livro com roteiro e desenhos de João Pinheiro, baseado na pesquisa de Sirlene Barbosa, conta a história da escritora Carolina Maria de Jesus (1914-1977), a autora de Quarto de Despejo, livro publicado em mais 13 países nos anos 1960, e que narra seu cotidiano na favela do Canindé, em São Paulo.

Sobre a convidada

Sirlene Barbosa é professora de língua portuguesa da Rede Municipal Paulista. É mestra em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP; coautora de “Carolina”, indicada ao Jabuti 2017 e ganhadora do maior prêmio de HQ da Europa, o francês Angoulême. Suas pesquisas atuais abrangem os seguintes temas: literatura negra brasileira (a que tem o negro como protagonista da narrativa e não como mero objeto de pesquisa); e relações étnico-raciais na educação básica da cidade de São Paulo. Em suma, trabalha com foco na descolonização do currículo educacional, ou seja: inserir vozes de grupos tidos como minorias, mas que são uma maioria calada, no caso do recorte desta pesquisadora, o foco está na questão dos negros.

Vale destacar que a Livraria Africanidades e Do Morro Produções advertem que o espaço que será realizado o evento é um território livre de racismo, gordofobia, sexismo, machismo, lesbofobia, transfobia, homofobia, fascismo e qualquer outra forma de opressão.

 

Serviço
A Descolonização do Currículo Escolar e Carolina Maria de Jesus
Quando: 04 de maio das 15h às 17h30
Onde: Livraria Africanidades | Kasa Ajeji
Endereço: Rua Paulo Ravelli, 153 – Imirim/Cachoeirinha – São Paulo-SP.
Entrada Gratuita

 

Como chegar | Livraria Africanidades:

Pelo Metrô Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *