Festival Percurso realiza #maiorterreirodomundo na zona sul de SP

Festival Percurso realiza #maiorterreirodomundo na zona sul de SP

De Jardim a Jardim, evento com atrações como Xaxado Novo, Rincon Sapiência, Maracatu Nação Kambinda, Bia Ferreira, Mestre Tião Carvalho e Mãe Beth de Oxum,  deve reunir 10 mil pessoas na Praça do Campo Limpo

Feito para ser o #maiorterreirodomundo, o Festival Percurso 2018 – de Jardim a Jardim ocorre no próximo dia 09 de dezembro na Praça do Campo Limpo, na zona sul de São Paulo (SP), com entrada gratuita para as mais de 40 diferentes atrações programadas para todo o dia. A proposta é valorizar a cultura dos terreiros.

Festival Percurso 2018 é feito para ser o #maiorterreirodomundo na Praça do Campo Limpo (foto: Léu Britto)

A organização do evento espera cerca de 10 mil pessoas e oferece uma programação que abrange crianças, jovens, adultos e idosos. A proposta é levar ao público atividades educacionais, de entretenimento e de geração de renda através das tendas e oficinas.

Dividido por tendas, o festival que é organizado pela Agência Popular Solano Trindade , que neste ano se une ao movimento De Jardim a Jardim, através da parceria com o C de Cultura ampliando ainda mais a atuação e a visão integrada de sociedade, premissas que fazem parte do DNA do projeto.

O evento recebe neste ano atrações como Xaxado Novo, Mestre Tião Carvalho – comemorando os 40 anos de carreira – Bia Ferreira, Mãe Beth de Oxum, de Recife (PE), Rincon Sapiência , Slam das Minas, Samba do Monte e o Maracatu Nação Kambinda, do Embu das Artes, homenageando Raquel Trindade.

Assim, a grande reunião de povos e a intersecção com a juventude periférica são a grande alma desta edição do festival.

 “O lema do Festival Percurso é Juventude Periférica, gerando renda, trabalho e desenvolvimento local, o que significa que a nossa visão de geração de renda está ligada ao desenvolvimento comunitário”, contou Alex Barcellos, produtor cultural da Agência Solano Trindade.

 

Festival Percurso terá atividades durante todo domingo {09.12} na Praça do Campo Limpo (foto: Léu Britto)

De Jardim a Jardim
A edição deste ano do festival foi pensada para ser o #maiorterreirodomundo e, na prática, fomentar a união que passa entre os povos através de diferentes vertentes musicais, culturais ancestrais e a economia, trazendo a ‘re-união’ do que há de mais bonito no Brasil: o conceito de agrupamento, de aquilombamento, transformando a Praça do Campo Limpo em um chão abençoado por mestres de religiões de matriz africana e indígena. Nessa confraternização, o bastão dos griôs será passado pelas mãos da nova geração.

 O conceito  “De Jardim a Jardim” nasce da metáfora sobre a necessidade de encontro e troca entre as pessoas, independente do bairro onde moram e da realidade de vida de cada um, a arte será sempre capaz de aproximar todos, afinal, sempre há o que se aprender e ensinar, de ambos os lados.

Sobre o festival
O 5º Festival Percurso De Jardim a Jardim ,conta com o patrocínio do Shopping Market Place, numa realização da Agência Popular Solano Trindade, C de Cultura, PROMAC, Secretaria Municipal de Cultura, Prefeitura de São Paulo, Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, por meio do Programa de Ação Cultural ICMS e Governo do Estado de São Paulo.”

Confira a programação de algumas tendas

A Tenda das Yabás homenageia às mães rainhas e os orixás femininos, exaltando a força artística das mulheres da periferia. Está confirmada a presença do coletivo União Popular de Mulheres, que desde a década de 1960 promove a emancipação e conquista plena dos direitos da mulher. Também está confirmada a presença da Aldeia Tenodé Porã, com intervenção artística do coral de índios Guarani, ao som de rabeca e violão.

Atividades infantis estão previstas para o evento que ocorre a céu aberto, na periferia de SP (foto: Léu Britto)

O espaço recebe também a Associação de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau, de Taboão da Serra, apresentando o espetáculo Dança de Leão, do folclore chinês, para espantar maus espíritos e trazer sorte e prosperidade.

Na tenda acontece também roda de conversa com doulas, apresentação teatral com a companhia Satyros, apresentação musical e artística com Funk de Griffe, Graja-Minas e poesia com o Slam das Minas.

Na Tenda dos Povos, com curadoria do mestre Aderbal Ashogun, ocorrerá o Encontro dos Povos de Terreiro, Juventude Camponesa, Quilombolas, Índios Guaranis e Pataxós e Afoxé, homenageando o mestre Moa do Katende, assassinado no mês de outubro em salvador após uma discussão política.

Perifa Talks 

O espaço Perifa Talks, que antecede o evento oficial e ocorre no sábado (08.11) recebe palestras no formado TED, com empreendedores sociais que compartilharão histórias de vida e trajetórias inspiradoras. Estão confirmadas as presenças de Mãe Beth de Oxum, que é de Recife (PE), de Adriana Barbosa, da Feira Preta, e de Aderbal Ashogun, da Rede AfroAmbiental.

Feira Paul Singer
Já  no espaço Feira Paulo Singer, uma homenagem à famosa feira da Agência Solano Trindade, o público pode encontrar novidades da moda, acessórios e artesanatos. Já está confirmada a presença da Boutique da Krioula.

Economia solidária e alimentação democrática são pilares do evento (foto: Léu Britto)

Alimentando Pontes
Para democratizar o ato de comer bem, o espaço “Alimentando Pontes” foi pensado através de uma parceria entre a Agência Solano Trindade e a Chef Bel Coelho, premiada chef do Clandestino e apresentadora do programa Receita de Viagem (TCL Discovery). Bel descobriu cedo sua vocação. Vinda de uma família de apreciadores de gastronomia, tem em sua memória afetiva uma forte ligação com a cozinha e seus sabores.

O evento recebe também a chef Tia Nice, da Cozinha Criativa da Agencia Solano Trindade, Aderbal Ashogun, do Ilê Omi Juaro, de Nova Iguaçu (RJ), o chef Luciano Nardelli, da premiada Pizzaria Carlos e o chef Edson Leite, do Gastronomia Periférica.

“Os chefs convidarão o público para uma experiência deliciosa, com um bom papo, apreciando uma cerveja artesanal da roça, o que é garantia de bom rango”, anunciou a organização.

O evento traz também 20 tipos de comidas diferentes, sem falar nos tradicionais tutu de feijão, baião de 2 e pastéis de panc.

Serviço – Mais informações sobre o festival podem ser obtidas no link: https://www.facebook.com/FestivalPercurso/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *