Casa Philos traz diversidade e latinidade para a Flip 2018

Casa Philos traz diversidade e latinidade para a Flip 2018
Casa da Revista Philos em parceria com a Editora Kazuá e Estante Virtual quer dar voz para a diversidade 
Com o tema “Escrevendo nas margens: visibilidades e visualidades”, a Casa da Revista Philos na Flip traz ao cerne de suas discussões temas como literatura negra contemporânea, literatura LGBTQ+, cultura neolatina, artes visuais, diversidade, identidade e memória, patrimônio, economia criativa, mercado editorial e coesão social na Íbero-América.
O projeto é uma realização da Philos – Revista de Literatura da União Latina, da Editora Kazuá e da Estante Virtual, com apoio da Revista Lavoura, Livraria Blooks, Editora Cândido, e da SEGIB – Secretaria Geral Ibero-americana. O curador geral da Casa Philos, Jorge Pereira, fala sobre a proposta da casa:

“A Casa Philos chega em novo formato para a Flip: São mesas de diálogos que colocam no centro da discussão tudo aquilo que é colocado às margens. Queremos falar da nova literatura que nasce de manifestações culturais diversas, dos grupos étnicos, das ditas “minorias”. É uma casa plural e diversa, que quer falar sobre o que se produz nas periferias, nas aldeias, sobre projetos inovadores e sobre coesão-social.”

A Casa Philos conta com atividades relacionadas ao campo da cultura, o programa conta com mais de 60 convidados de todas as regiões do Brasil, de Portugal, da Alemanha e da Catalunha. A residência artística contará também com exposições, sessões do Cine Philos com mostras de cinema independente indígena e quilombola, vendas de livros e do lançamento da Revista Philos impressa.

“São dezenas de convidados que vêm de todas as partes do Brasil e da Europa. Queríamos trazer diversidade, mostrar a nossa latinidade sobre outros aspectos. Teremos uma presença forte do teatro, escritores LGBTQ+, foco na literatura feminista, na literatura negra contemporânea, nas manifestações culturais dos nossos povos latinos, erotismo e muita poesia. A Hilda Hilst – que é a grande homenageada da Flip 2018, conseguiu permear todas essas inquietações e queremos trazer esse movimento da diversidade para a Flip”, completa.

A Casa Philos vai abrir suas portas na 16ª Festa Literária Internacional de Paraty entre os dias 25 e 29 de julho na Rua Dona Geralda, na Academia do Samba em Paraty. A programação é gratuita e livre para todos os públicos. A programação completa pode ser conferida no site da Revista Philos em www.revistaphilos.com/flip-2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *