É treta, preta! Mel Duarte lança clipe poético com crítica social

É treta, preta! Mel Duarte lança clipe poético com crítica social

Poeta gravou o material em Porto Alegre (RS); poema integra o livro “Negra Nua Crua” 

Nesta quarta-feira (30) a poeta Mel Duarte lança o vídeo “É treta preta”, de uma poesia inédita. O material audiovisual foi gravado em Porto Alegre (RS) e traz uma crítica social ao sistema e a forma como ele trata as mulheres negras. O poema é parte do livro “Negra Nua Crua”, publicado em 2016 pela Editora Ijumaa.

Em quase dois minutos de poesia, Mel Duarte reforça a luta que está engajada há bastante tempo e usa da oralidade para desabafar as dificuldades cotidianamente no mercado de trabalho, no machismo predominante no mundo, da corrupção latente e não punida no país.

“Recebi o convite dos produtores enquanto eu estava em Porto Alegre para uma atividade literária e topei na hora. O audiovisual é muito potente e é uma forma de fazer a mensagem poética chegar a um número maior de pessoas”, disse Mel Duarte.

A ideia do vídeo é para provocar reflexão. “Escolhi este poema porque ele discute a importância da mulher e lembra que as pessoas que deveriam olhar pra gente de outra forma, todos os dias, com mais empatia, afinal: É treta, preta”, destacou.

Sobre Mel Duarte

Mel Duarte, 29 anos, poeta, slammer e produtora cultural, atua com literatura independente desde 2006. Faz parte do coletivo “Poetas Ambulantes” e é uma das organizadoras da batalha de poesias voltada para o gênero feminino “Slam das Minas- SP”.

Em 2016 Mel foi destaque no sarau de abertura da FLIP (Feira Literária Internacional de Paraty) e foi a primeira mulher a vencer o Rio Poetry Slam (campeonato internacional de poesia) que acontece dentro da FLUPP (Feira Literária das Periferias) no Rio de Janeiro. Em 2017, foi convidada a representar a literatura brasileira no Festilab Taag, em Luanda, Angola.

Possui 2 livros publicados de forma independente “Fragmentos Dispersos” 2013 e “Negra Nua Crua” 2016 publicado pela editora Ijumaa e em seguida transformado em audiolivro pela Tocalivros. Neste ano, lança o livro “Negra Nua Crua” em Madrid, na Espanha, numa edição traduzida pela Ediciones Ambulantes.

Ficha técnica:

 

Co-Criação Fita Rec e Ímpeto nos OLhos

Co-produção Giovanna Darcie

Parceria – Menfis Estúdio

Agradecimento – Casa da Cultura Hip Hop de Esteio

Realização – Ímpeto no Olhos e Fita Rec

Produção Musical – Menfis Estúdio

Fita Rec

Mauricio Pflug

Alvin Bernard

Ímpeto nos Olhos

Josemar Afrovulto

Menfis Estúdio

Augusto Constantino

Ricardo Lisboa

Matheus Reginato

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *