Com edital, padê editorial vai publicar mais de 40 autoras LBTs

Editora que produz livros artesanais abre seleção para originais e prioriza autoras lésbicas, travestis, transexuais e bissexuais 

Estão abertas as inscrições para envio de originais para a padê editorial, que vai publicar 44 autoras LBTs: lésbicas, travestis, mulheres transexuais e bissexuais. O envio dos originais pode ser feito até o final deste mês, via formulário online.

As criadoras da editora, Tatiana Nascimento e Bárbara Esmênia participaram do ELAS Fundo de Investimento Social e através do projeto, conseguirão, de forma artesanal/cartonera, publicar mais de 40 autoras por meio da ação “escrevivências artesanais”, que dá aporte financeiro e técnico para a produção de tiragens de até 50 livros para cada título/autora selecionada. Será um título por autora.

O resultado será divulgado em maio e há uma cota de 70% para autoras negras, desde que sejam lésbicas, bissexuais, mulheres trans ou travestis.

“Além deste recorte, o projeto prioriza as autoras do Distrito Federal, mas, quem mora em outro lugar também pode participar e há chances”, destacou Tatiana Nascimento no anúncio da seleção pelo Facebook.

Serviço – As inscrições podem ser feitas pelo link: https://goo.gl/XCVgCn

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *