Clipe do projeto ‘Rap Plus Size’ chega como um recado pesado à gordofobia

“Quer esconder preconceito preocupado com a minha coluna (…)”, esse é um dos versos da música I.M.C., que integra o álbum Rap Plus Size, das rappers Issa Paz, 23 anos e Sara Donato, de 25 anos. O primeiro videoclipe  com direção da TV Senac foi lançado na internet nesta segunda-feira (27) e até esta publicação já ultrapassava as 17 mil visualizações.

Escolhemos esse nome pois nós duas somos gordas e sentimos o quanto a sociedade discrimina quem está fora do padrão estético de magreza

Issa Paz, rapper (foto: redes sociais)
Issa Paz, rapper (foto: redes sociais)

O material audiovisual é parte do projeto das MCs, que estão há 12 anos no hip-hop. O  Rap Plus Size surgiu a partir das ideias parecidas entre as amigas. “Resolvemos nos juntar e fazer um disco com a nossa cara. Escolhemos esse nome pois nós duas somos gordas e sentimos o quanto a sociedade discrimina quem está fora do padrão estético de magreza e que julga mulheres acima do peso. Relacionam gordura à fracasso e dizem que pessoas gordas não conseguem fazer nada. Viemos provar o contrário”, anunciam.

Ainda sobre o nome, elas explicam que resignificam o termo para além do que a indústria da moda permite: “Rap Plus Size porque além do nosso tamanho físico, Plus Size é nosso Rap, gigante mesmo”.

E assim, com músicas sobre autoaceitação e empoderamento, as mulheres gordas, que não compram em lojas “plus size” por não encontrar atendimento á necessidade – nem no produto, nem no preço – as MCs dão um novo conceito ao que é grande e readaptam o mesmo à realidade que vivem, nas periferias de São Paulo (SP) e São Carlos, no interior do estado paulista. “Quem não compactua com a indústria gordofóbica vai compactuar com nosso som. É muito além de vestimenta”.

Quem não compactua com a indústria gordofóbica vai compactuar com nosso som. É muito além de vestimenta

Sara Donato, rapper (foto: redes sociais)
Sara Donato, rapper (foto: redes sociais)

Com esse discurso, presente não apenas na entrevista, mas nas letras das 13 músicas que compõe o EP, que chega ainda este ano às ruas, em formato físico e também digital, traz músicas que falam sobre conscientização, não somente do padrão corporal, mas que abordam temas ligados á posição da mulher na sociedade. Para as rappers, a ideia é empoderar as gordas, as que estão fora do padrão de beleza e que vivem na periferia.

De acordo com as artistas, lidar com a pressão estética do rap é como lidar com a externa também. “Sofremos com preconceito, principalmente nas batalhas de rima e acreditamos que inclusive por estarmos fora de um padrão corporal somos excluídas de muitos espaços”, porém, mesmo assim, nunca foram impedidas de fazer nada por causa do peso. “Tá pra nascer alguém que vai impedir a gente de alguma coisa (risos)”, completaram.

Contudo, elas revelam que já foram excluídas, socialmente, por serem gordas. “Principalmente quando a gente era mais nova, desde comprar roupas, fazer esportes (jogar profissionalmente) ou frequentar lugares tipo clube ou praia com receio de usar biquíni”.

O corpo é meu, não gostou problema seu, não preciso da sua aprovação não, então valeu (…) e quem não gosta do meu peso, vai tomar no c*

Por isso, juntas e em algo inédito no hip-hop feminino, as rappers até então com carreira solo, uniram-se em um trabalho conjunto. Com a equipe da OQ Produções, estão gravando as faixas que em breve saem com participações de Luana Hansen, Preta Rara, Tássia Reis, Banda Davidariloco, Souto MC, Rubia RPW e Gabi Nyarai.

Enquanto o disco não chega às ruas, elas frequentam batalhas de rimas e slams, onde tem colecionado vitórias e finalizam com a música: “O corpo é meu, não gostou problema seu, não preciso da sua aprovação não, então valeu (…) e quem não gosta do meu peso, vai tomar no c*”

Serviço – Mais informações sobre o Rap Plus Size podem ser obtidas na fanpage do projeto musical

Juntas, no palco, MCs pretendem levar mensagem de combate à gordofobia
Juntas, no palco, MCs pretendem levar mensagem de combate à gordofobia
Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Rack disse:

    Sensacional! 👏👏👏

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s